Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 25/02/2019

Fique por dentro

Mulher com membros amputados dá lição de fé: “Deus continua sendo bom”

Kaylene Murphy perdeu a perna e o braço esquerdo em um acidente enquanto escalava, mas superou a mudança em sua vida através da fé.


Kaylene Murphy perdeu os membros após sofrer um acidente durante escalada com o namorado, Josh. (Foto: Reprodução/Facebook)


Há menos de um ano, Kaylene Murphy teve que aprender a viver sem seu braço e perna esquerdas, depois de sobreviver milagrosamente a um acidente durante uma escalada. Mesmo com as dificuldades e questionamentos, sua fé tem sido inspiração para as pessoas à sua volta.


No dia 30 de junho de 2018, Kaylene, 32 anos, e seu namorado, Josh Baker, estavam escalando em um parque em Montana, nos Estados Unidos. O casal estava a cerca de 12 metros de altura, quando Josh segurou em uma fenda que se soltou e atingiu Kaylene.


A força do impacto da rocha causou danos irreversíveis em seu corpo — seu braço e perna foram amputadas, seu pulmão foi perfurado, parte de seu cérebro foi atingido e várias partes de seu corpo foram fraturadas: a mão, as costas, o nariz, o esterno, a escápula, a clavícula e as costelas.


Murphy foi levado de helicóptero para um hospital em Billings, onde a equipe médica trabalhou para salvar sua vida. Os médicos acabaram amputando mais de sua perna, acima do joelho, assim como a mão dela.


Durante três semanas, a equipe médica acreditou que Kaylene estava em risco por causa da lesão cerebral e do mini-AVC que continuava tendo devido à artéria dissecada em seu pescoço.


Mas sua mãe, Crystal Christison, se recusou a considerar um destino negativo para sua filha. “Eu nunca pensei que ela ficaria paralisada, nunca pensei que ela ficaria em estado vegetativo”, disse ela à AG News. “O mesmo poder que ressuscitou Jesus dos mortos vive em nós, então eu sabia que ela iria viver e ficaria bem”.


Crystal chamou seus parentes, amigos e a igreja de Kaylene para orar. Logo, quando a notícia se espalhou, pessoas ao redor do mundo oraram pela recuperação dela. Kaylene não só sobreviveu, como teve de volta suas habilidades cognitivas.


Superação

Após dois meses de internação, seguidos de três meses de reabilitação, Kaylene está na casa de sua mãe onde faz tratamento para se recuperar e aumentar sua força. Josh adiou seus estudos de pós-graduação para ajudar a cuidar da namorada.


Kaylene tem uma perna e uma mão protética e reaprendeu a fazer atividades do cotidiano, como se vestir e passar manteiga na torrada. “Há momentos em que ainda me sinto frustrada porque não estou onde quero em minha cura. Mas esses momentos passam rapidamente”, confessa.


Ela diz que sua fé fez toda a diferença na recuperação. “Todos os momentos de oração e adoração em que Deus me aperfeiçoava, me ensinando sobre confiança e amor, fizeram depósitos em meu espírito. Desde o acidente, sou capaz de aspirar isso."


Kaylene ainda tem muito a superar. Ela ainda tem alguns problemas remanescentes da lesão cerebral e não consegue enxergar no canto inferior esquerdo de seu campo de visão. Nesse meio tempo, ela tem compartilhado sua história com estudantes do ensino médio e em retiros de mulheres, falando sobre a fidelidade e a bondade de Deus.


Enquanto muitos culpariam a Deus pelo que aconteceu, Kaylene está convencida de que ela não é uma vítima. “Coisas ruins acontecem, mas Deus continua sendo bom e gracioso comigo. Ele vai continuar me sustentando”, destacou.

Guiame