Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 29/05/2018

Fique por dentro

Mulher que tiraria parte do intestino com câncer é curada antes de cirurgia

Em uma consulta, Merilee soube que não havia mais qualquer vestígio do câncer em seu corpo.


Quando orava por sua cura, Merilee espalhou cartazes com versículos bíblicos em sua casa. (Foto: Reprodução).


Merilee sentiu uma dor em seu abdômen e na hora ela sentiu que havia algo de estranho. “Fui a um médico para saber dos relatórios da biópsia, ela disse: 'Isso é tão raro e tão agressivo que praticamente não há dados sobre isso. Você não tem mais tempo’”, contou ela.


Enquanto estava no consultório médico, Merilee, que têm 67 anos, soube que o que ela tinha era bem pior do que pensava. Ela estava com um câncer raro e fatal e precisaria de uma cirurgia radical para removê-lo, juntamente com parte de seus intestinos.


Ela disse: “É uma mudança de vida, onde você acaba usando uma bolsa permanente. O câncer já estava se espalhando”. Enquanto ainda recebia o diagnóstico, Merilee orou. Ela lembra: "Tudo o que ouvi foi nosso Deus falar comigo: ‘Não abrace este câncer, ele não é seu. Não tome isso. Você vai lutar para sua vida’”, ela comentou.


Merilee decidiu que queria ouvir uma segunda opinião. O novo médico prescreveu um regime rigoroso e um agressivo tratamento de quimioterapia com radiação. Ela sabia que era hora de mudar seu pensamento sobre o câncer. “Eu mudei meu vocabulário. Aquele câncer não era meu. Nenhuma doença é para ser nossa”, ressaltou.


Ela concordou em começar o tratamento. Merilee também se apegou às promessas de Deus na Bíblia. Ela pregou passagens da Bíblia em toda sua casa. Ela recorda: “Imprimi quatro páginas de curas e versos encorajadores. Eu sei que fui cercada por orações em massa e nunca me afastei da Palavra”, conta.


“Você sabe, como diz em Mateus 19:26: ‘O que é impossível para o homem é possível para Deus’”. Amigos e parentes de Merilee passaram a orar por ela, enquanto passava pela quimioterapia e radiação.


Surpresa

Ela lembra: "Eu mal conseguia andar depois de um tempo, eu estava tão fraca que mal podia ficar deitada no sofá, porque eu não conseguia fazer muita coisa. Às vezes, quando a dor era tão forte, eu citava em voz alta as Escrituras. Tudo o que eu podia fazer era dizer que Deus estava me carregando nessa provação tão difícil”.


Após 7 meses de tratamento, Merilee foi ao médico para um check-up. O médico a surpreendeu. "Eu quero lhe dizer uma coisa. Não há evidência de qualquer tumor, não há evidência de qualquer radiação. Isso é um milagre e está além de qualquer coisa", contou o médico.


"Eu nunca vi isso na minha vida. Não há ninguém, ninguém que possa tomar crédito por isso, exceto Deus”, continuou o médico. “Se alguém fosse examinar você sem ver seus relatórios, eles nunca saberiam que você fez esse tratamento ou que teve câncer”, ressaltou.


"Fiquei tão emocionada ao ouvir essa notícia. Essas são palavras que você nunca acha que vai ouvir, mas Deus interveio. Ele é fiel. Sua palavra é fiel. Sua palavra está viva”, disse Merilee.


Hoje, mais de cinco anos depois, ela ainda está livre do câncer e sabe que foi o poder da oração que a levou através desses dias sombrios de quimioterapia e radiação. Ela acredita: “Eu não estaria aqui sem o poder da oração ou sem a palavra de Deus que está viva e ativa. Eu não estaria aqui. Nunca perca a esperança. Não desista nunca. Jesus é fiel. Ele está vivo e ele é real. Eu sei que Ele me viu, foi uma época horrível na minha vida, mas Deus me viu. Estou totalmente curada. Deus fez uma coisa linda”, finalizou.


Confira seu testemunho (em inglês):


Guiame.com.br