Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 28/11/2017

Fique por dentro

Pianista que perdeu o movimento dos dedos em acidente é curado após oração

Um casal foi guiado por Deus para orar pelos dedos de Gilbert, enquanto ele testemunhava em uma igreja.


Gilbert recebeu constantes orações de sua família e amigos. (Foto: Reprodução).

Gilbert é um pianista muito talentoso. Cristão, ele além de tocar, ministra o evangelho pregando em igrejas. Agora, ele também testemunha uma cura milagrosa. Em 2014, algo muito ruim aconteceu. Ele se envolveu em um acidente de moto e foi levado para o Hospital Huntington em Pasadena, Califórnia (EUA).

Ani, sua esposa, teve poucos detalhes sobre seu estado. “E eu pensei que ele diria para eu entrar e visitá-lo, mas ele disse que eu deveria entrar e me despedir. Eu orei: ‘Senhor, mais uma vez me entrego a Ti. Você precisa assumir o controle”. Aconteceu que Gilbert bateu em direção de uma montanha. Junto com múltiplos ossos quebrados, ele teve um trauma cerebral maciço, e não se esperava sobreviver. Sua família e amigos se reuniram para orar, eles acreditavam em sua vitória.

Ani disse: "Eu estava orando: ‘Senhor, você vê tudo e sabe o que está por vir’. Naquele momento, sabia que Ele estava ao meu lado e me ouviu durante todo o tempo. Em toda essa experiência eu tive momentos sobrenaturais com Deus, Ele que me tranquilizou”. A noite passou e o resultado começou a mudar. Apesar de conseguir sobreviver, Gilbert ficou paralisado do pescoço para baixo.

Dois dias depois, Gilbert acordou e os testes confirmaram que ele não estava paralisado. Ele teve que superar a perda de memória e enfrentou uma infinidade de cirurgias com meses de fisioterapia. Mesmo assim, os médicos disseram que ele poderia ficar incapacitado. "Então nós continuamos orando”, disse Ani.

Recuperação avançada
Gilbert recuperou sua memória duas semanas depois. E agora ele estava plenamente consciente do que estava em jogo. "Eu sei que Deus iria aparecer. Ele vai mudar as coisas. Cristo está comigo", disse na época. Essa não foi a primeira vez que Deus livrou sua família de momentos difíceis. Enquanto viviam no Irã, eles foram perseguidos.

Gilbert disse: "Eu tinha 17 anos quando meu pai foi morto com 26 facadas. Foi fácil? Não. Sua graça era suficiente? Sim. Sua graça era suficiente", contou. Após um ano de cirurgias e fisioterapia, apenas uma coisa não foi totalmente restaurada, os dedos da mão direita que permaneciam fechados por causa de danos nos nervos. De todos os possíveis resultados, este mais problemático Gilbert. Ele sentiu que seu propósito e paixão levavam outros a adorar a Deus através do seu talento como pianista.

Gilbert concordou com sua deficiência, mas ele e sua família continuaram a jejuar pela cura completa. "Sete meses depois da cirurgia eu fui a França para compartilhar o Evangelho e compartilhar meu testemunho. Este casal veio até mim e eles disseram: ‘Fomos guiados pelo Espírito Santo para orar por sua cura’. Eles oraram por minha mão, meus dedos e eu recebi essa palavra pela fé, embora novamente eu tivesse dúvidas, mas louvava o Senhor. Sua graça vai além da nossa fé e entendimento", disse Gilbert.

Cura milagrosa
"Na manhã seguinte, acordei e quando acordei, abri meus dedos. Eu nem poderia acreditar que isso havia acontecido. E quando cheguei a Los Angeles, onde moro, fiz um teste de nervo e o médico disse: ‘Uau, interessante. Seus nervos estão se regenerando’. O Dr. Raffi Balian disse: “Essa foi uma surpresa inacreditável”. Ani confirmou: “Nada muda a ideia de que era um milagre”.

O Dr. Balian disse: "Sua fé, sua determinação desempenhou um papel importante em sua recuperação geral. Excepcional é a palavra certa. É incrível e podemos usar a palavra ‘milagre’ também, para essa recuperação". Gilbert ainda está usando seu testemunho para compartilhar o amor de Cristo às pessoas do mundo. "Eu conheci meu propósito, muito claro. Meu propósito na vida é conhecê-Lo e fazê-Lo ser conhecido. Através deste acidente, eu O conheci muito mais", finalizou.

guiame.com.br