Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 27/10/2017

Fique por dentro

Menino de 8 anos dedica festa de aniversário aos cristãos perseguidos: “Quero ajudar”

Ao invés de receber presentes, o pequeno John pediu para receber dos convidados doações para serem destinadas à organização missionária Portas Abertas.


John pediu para receber de presente doações aos cristãos perseguidos. (Foto: Arquivo Pessoal)

O pequeno John, de apenas 8 anos, fez um pedido de aniversário que deixou seus pais surpresos. Ao invés de receber presentes como qualquer criança de sua idade, ele pediu para receber doações destinadas à organização missionária Portas Abertas.

“Quero que as pessoas ajudem a Portas Abertas no meu aniversário”, explicou John aos pais. “Eu quero estar diante de Jesus e dizer que eu ajudei os cristãos perseguidos”.

Para realizar a vontade de John, seus pais fizeram uma lista de convidados e enviaram a cada um deles uma carta que dizia: “Meu coração de mãe queria enchê-lo de presentes, mas a verdade é que ele já tem tudo o que precisa. Agora ele quer ajudar a igreja perseguida, e tenho o objetivo de honrar isso”.

O garoto conheceu histórias de missionários que entregaram suas vidas pela obra através de sua mãe. Quando John tinha 5 anos, ela estava em sua quinta gravidez e ficou em repouso por conta de algumas complicações. Como passatempo, ela contava a ele as histórias de alguns heróis da fé.

“Lemos 19 biografias missionárias quando ele tinha 5 anos”, disse ela à Portas Abertas. “Por um lado, eu não conseguia cozinhar bem ou fazer qualquer coisa que exigisse esforço. Por outro, eu tive um tempo especial lendo sobre os heróis da fé”.


John conheceu histórias de missionários através de sua mãe. (Foto: Arquivo Pessoal)

Quando a família passou a receber as revistas da Portas Abertas, eles passaram a mergulhar nos casos de cristãos perseguidos que eram contados. “Certa vez, um pedido urgente chamou a atenção de John. Foi a primeira vez que ele me perguntou se a gente poderia doar. Acho que foi aí que ele formou em seu coração a ideia do seu aniversário”, conta.

John e seus irmãos sempre foram ensinados que eles eram ricos com todas as coisas proporcionadas por Deus. “Meu marido e eu passamos um tempo servindo em orfanatos na África, por isso sempre ensinamos que se tivermos comida, casa, roupas e brinquedos, somos ricos”, disse ela.

“Nós sempre incentivamos a doação e a acumular tesouros no céu. Fiquei realmente chocada, mas inspirada quando John quis dedicar seu aniversário para a Portas Abertas”, afirma. “Não temos o costume de enchê-los de presentes. Tentamos evitar de dar alguns brinquedos e roupas. Nós sempre entregamos brinquedos para incentivar a generosidade”.

guiame.com.br