Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 05/10/2017

Fique por dentro

"Vida cristã não é só ir à igreja aos domingos, mas ser igreja aonde você for", diz pastor

Todd White compartilhou seu testemunho de vida para ressaltar a importância do evangelismo.


Evangelista Todd White

Quem vê hoje o ministério do evangelista Todd White ser tão amplamente divulgado e bem sucedido nos Estados Unidos, talvez não imagine o passado que ele teve que vencer e a transformação que Jesus operou em sua vida.

Segundo ele compartilhou em diversas ocasiões - como em uma pregação recente - foram cerca de 22 anos em que ele viveu dominado pelas drogas, álcool e pornografia. Esta informação foi citada no púlpito para que ele pudesse ressaltar a importância de que as pessoas estejam sensíveis a compartilhar a mensagem do Evangelho com as almas perdidas e mais do que isso: ter uma vida que reflita verdadeiramente o testemunho de Jesus, sem "precisar provar nada pra ninguém".

"Estar sob fogo significa estar tão consumido pelo o que você está 'ardendo', que as pessoas não entendem que nada mais importa, porque você não está tentando provar nada para elas. Você só está tentando viver sua vida plenamente por Jesus", destacou. "Você precisar estar 'ardendo' por Jesus, porque talvez alguém perto de você te vê e entende que você pensa: 'Se eu posso 'arder' por Deus agora e mantenho isso, também estarei 'ardendo' por Ele na eternidade".

Pastor Todd destacou que viver simplesmente guiado por "sensações" é perigoso e que isto deveria estar fora de cogitação na vida de um cristão.

"Nós não deveríamos andar guiados por sentimentos e sim guiados pela fé. Eu não devo fazer somente aquilo que 'sinto vontade' de fazer. Eu não deveria fazer somente as coisas que eu 'sinto' que são boas para mim. Eu devo viver sob a vontade de Deus, aprender o que a Bíblia diz, descobrir o que Jesus diz sobre mim e seguir essa caminhada, porque Deus diz que eu posso e para Ele todas as coisas são possíveis", disse.

White ressaltou que a vida cristã genuína se caracteriza, não simplesmente por costumes e hábitos religiosos, mas também por uma vida de testemunho, fora das paredes dos templos.

"[A vida cristã] Não é apenas sobre ir à igreja aos domingos, mas sim sobre ser Igreja aonda você for. É sobre 'arder' em Jesus todos os dias, aí você conseguirá ganhar as pessoas para Cristo onde quer que você vá. É sobre viver toda a sua vida por Deus. Se as pessoas não conseguem ver Jesus em você, não querem o que você tem e você não pode dar a elas", lembrou. "Não é apenas sobre um programa, sobre um prédio [templo], é sobre Jesus e Sua crucificação".


Testemunho
Todd White relatou que ele não tinha vontade de se aproximar de abraçar o cristianismo, justamente porque ele queria viver guiado por "sensações" e não julgava o Evangelho atraente.

"A razão pela qual eu não queria abraçar o cristianismo antes, foi porque eu nunca vi nada sobre ele que fosse atrativo, interessante e que eu entendesse que seria bom para mim. Eu via mais atrativos na pornografia, nas drogas, no álcool. Isto tudo era mais atrativo para mim e se eu vivo guiado por sentimentos e me torno parte do corpo de Cristo guiado por sentimentos, eu deveria ser imediatamente cortado", explicou.

White alertou que sua condição só se agravava, justamente por causa da falta de pessoas que o alertassem de forma verdadeira e bíblica sobre o seu modo de vida naquela época.

"Durante os 22 anos em que vivi sob domínio do vício, naquele contexto de uma terrível prisão, fui guiado só pelos meus sentimentos e nem sabia quem é Jesus. Ninguém veio até mim, durante os 31 anos da minha vida, para me dizer o quão incrível é Deus e que Ele tinha um plano para a minha vida", contou.

"As pessoas me disseram que eu iria para o Inferno e que isso ou aquilo iria acontecer e aquilo era verdade. O inferno é real! [...] Mas não tinha a ver somente com o fato de eu escapar do inferno, mas sim no fato de eu poder viver completamente dominado pelo Céu, destruir o trabalho do diabo todos os dias na minha vida e um dia estar na glória, na eternidade com Deus", acrescentou.

Finalizando seu discurso, White explicou que junto ao alerta sobre pecado, a pregação do Evangelho também contém a mensagem de esperança aos perdidos.

"A vida cristã é sobre sermos entusiasmados, 'provocativos', termos uma vida ardente, dominada por Jesus, representarmos Jesus em qualquer lugar que possamos ir. É sobre levarmos esperança às pessoas, porque eu e você somos embaixadores da esperança", concluiu.



Veja também:


Ex-muçulmanos revelam que eram pagos para se infiltrar e sequestrar meninas cristãs


Pastor testemunha livramento após seu carro explodir e ele sair ileso: “Não tinha nem arranhões”


Líder de adoração do Hillsong afirma que o louvor “é uma arma contra as trevas” e aproxima de Deus


guiame.com.br