Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 23/05/2017

Palavra do Pastor

Vida Espiritual

“Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois elas lhes parecem loucura, e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente.” (I Coríntios 2.14)



Um paradoxo com a vida natural

“Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois elas lhes parecem loucura, e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente. Mas, quem é espiritual discerne todas as coisas, ele mesmo por ninguém é discernido.” (I Coríntios 2.14-15)

No mundo em que vivemos somos convidados, por meio da mídia e do dia a dia, a não desenvolvermos uma vida espiritual, pois o mundo jaz no maligno. Como viver no mundo carnal e ter uma vida espiritual? Inicia em uma pessoa quando aceita a Jesus. Todos nós fomos gerados na lei do pecado e somos constituídos de corpo, alma e espírito. Por isso, sem Jesus em nossas vidas o nosso espírito está morto. Mas, quando Ele entra a Sua Luz abre o nosso espírito.

O próprio Jesus disse a Nicodemos que é necessário nascer da água e do espírito para podermos entrar no Reino de Deus. Mas, sendo ele um homem carnal, entendeu que deveria voltar ao ventre da sua mãe e nascer de novo. Quando ocorre esse nascimento, precisamos alimentar o nosso espírito, assim como alimentamos o corpo físico. Alimentando o espírito, nos tornamos fortes para enfrentar as dificuldades que nos advém, pois, nossa luta não é contra a carne e sim contra as hostes espirituais (Efésios 6.12). 

Uma vida espiritual consiste em ter comunhão com Deus, com ânimo permanente.

É necessário então:

1)   Uma conversão genuína a Cristo Jesus;

2)   Invocá-lo sempre para ser cheio do Espírito Santo;

3) Manter comunhão por meio do conhecimento da Sua Palavra.

 

Quando os itens anteriores se tornam realidade em nossas vidas, podemos dizer que estamos vivendo uma vida espiritual.

Algumas características dessa vida:

·      A pessoa passa a ouvir mais e falar menos;

·      Torna-se atenciosa;

·      Não rumina as coisas do passado e olha para frente;

·      Observa tudo, retém o que é bom e agradável a Deus;

·      Tem prazer na justiça. É um conciliador;

·      Não tem prazer em fofoca;

·      Não critica seu próximo.

A vida espiritual requer crescimento, Colossenses 3.1-15. Despojamento de uma vida pecaminosa, morrer para o pecado e pensar nas coisas celestiais. Ela não nos é imposta, é preciso buscá-la e isso requer até disciplina alimentar por meio de jejum e oração.

A vida espiritual também requer frequência em uma só igreja; ela não cai de paraquedas cada semana em uma Igreja. Em Hebreus 10.25 diz:  Não deixando a vossa congregação como é costume de alguns, principalmente quando vemos que está se aproximando aquele grande dia.” (O dia da segunda vinda de Jesus).

Finalmente, o homem espiritual discerne bem todas as coisas. “Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama nisso pensai.” (Filipenses 4-8)

Não podemos fugir do mundo, pois vivemos nele. Algumas pessoas querendo obter uma vida espiritual se afastam de suas convivências, se fecham em si mesmas. Alguns procuram se retirar para lugares ermos. A solução não está nessa maneira de agir, pois a vida espiritual não acontece da noite para o dia e nem com fórmulas humanas. É um processo que se desenvolve ao longo da vida daquele que conhece a Jesus Cristo como seu Salvador e faz uma aliança verdadeira com Ele. Uma vez aliançados com o Espírito de Deus, mantemos comunhão com Cristo e sua Igreja.

Em suma, o homem não consegue uma vida espiritual se não guardar a Palavra de Deus em seu coração.

Normas de Igreja não vão te levar a uma vida espiritual, mas guardar a Palavra de Deus em seu coração e praticá-la constantemente. (Salmo 119.11)

Rev. Nelson Agnoletto

3º Tesoureiro CND | Superintendente