Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Portal da Igreja do Evangelho Quadrangular

Publicado em 23/09/2016

Fique por dentro

Billy Graham fala sobre como cristãos podem evangelizar ateus: "Uma vida de testemunho"

"As pessoas podem argumentar contra o que dizemos, mas elas não podem argumentar contra a realidade de uma vida que foi transformada por Cristo", disse o evangelista.


Billy Graham é um dos mais conhecidos evangelistas da atualidade. Aos 97 anos, o pastor continua escrevendo artigos e compartilhando do Evangelho com o apoio de sua equipe ministerial.

Orar para que Deus para amoleça os corações dos amigos ateus é a coisa mais importante que um cristão pode fazer pelos não-crentes, segundo o renomado evangelista Billy Graham, que também encoraja os crentes a serem "testemunhas da a paz e da alegria de Jesus".

Em uma coluna de perguntas e respostas, publicada na última segunda-feira, no site da Associação Evangelística Billy Graham, o pastor foi questionado sobre o que os cristãos poderiam fazer para incentivar seus amigos ateus a buscarem a salvação em Jesus Cristo.

"Meu melhor amigo e eu desfrutamos da companhia um do outro, mas eu sou um cristão e ele diz que é ateu. Eu tentei discutir sobre isso com ele, mas ele apenas ri e diz que eu deveria crescer e me esquecer de Deus. Como posso fazê-lo mudar de ideia?", perguntou a pessoa.

Graham respondeu dizendo: "você não pode fazer isso sozinho" e lembrou que parte do esforço deve incluir a Deus, pois "Ele pode conquistar até mesmo o coração mais teimoso".

"E é por isso que a coisa mais importante que você pode fazer por seu amigo é orar por ele, pedindo a Deus para mostrar-lhe os seus pecados e seu orgulho, além de convencê-lo sobre sua necessidade de Cristo", escreveu Graham.

"Ore também para que sua vida venha a ser um testemunho para ele. Seja uma testemunha da a paz e da alegria de Cristo. As pessoas podem argumentar contra o que dizemos, mas elas não podem argumentar contra a realidade de uma vida que foi transformada por Cristo".

Graham passou a aconselhar a pessoa a "encorajá-lo a enfrentar honestamente as consequências de seu ateísmo".

"Se Deus não existe (como o seu amigo diz), então ele não tem esperança de vida após a morte. Ele também não tem ninguém a quem recorrer quando precisa de orientação ou quando a vida se volta contra ele", continuou Graham.

Esta não foi a primeira vez Graham ofereceu conselhos a uma pessoa que perguntou sobre como poderia evangelizar a crescente população ateísta da América.

Em julho, Graham foi questionado sobre como é que alguém poderia se converter do ateísmo ao cristianismo, sendo que isso parecia ser tão improvável. Graham respondeu que "através da intervenção de Deus", até mesmo os amigos não-crentes "certamente poderiam mudar", como "acontece o tempo todo."

"Eu acho que, por exemplo, das inúmeras pessoas que cresceram como ateus, tão convencidos na Europa Oriental Comunista e na antiga União Soviética, muitos agora são crentes sinceros em Deus e são dedicados seguidores de Jesus Cristo", fundamentou Graham.

"Deus pode fazer o que nunca podemos fazer, incluindo a mudança do coração e da mente de alguém. Além disso, certifique-se de seu próprio compromisso com Jesus Cristo, e depois peça-lhe para ajudá-lo a ser um exemplo do amor e da pureza de Cristo aos seus amigos".

http://guiame.com.br/